conecte-se conosco


Esportes

Federação e clubes buscam saídas para ‘falta de estádios’ na Copa Mato Grosso

Publicado

Dirigentes da Federação Matogrossense de Futebol, dos clubes da baixada cuiabana e representantes do Governo do Estado se reuniram para definir os possíveis estádios para jogos da Copa Mato Grosso. Em Cuiabá e Várzea Grande, somente a Arena Pantanal está apta para receber os jogos de torneios profissionais. No entanto, o gramado passa por reformas e adequações, dificultando assim, uma carga excessivas de jogos, em um curto espaço de tempo – jogos de campeonatos como Brasileiro da Série B (disputada pelo Cuiabá), Copa Verde, Copa FMF, 2ª divisão do mato-grossense).

Uma solução alternativa seria a liberação do estádio presidente Dutra que também passa por reformas no momento. Sem os laudos necessários para a liberação dos torcedores, teria que receber os jogos com os portões fechados no primeiro momento.

Após reunião com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Francisco Vuolo, a federação e os representantes de clubes foram informados que a liberação do Dutrinha não será possível em tempo hábil, pois a troca do gramado do estádio está prevista para o próximo mês, impossibilitando assim, a utilização do estádio.

Leia mais:  Cacerense e Poconé abrem Campeonato Estadual da 2ª divisão

Outro paliativo seria o campo da UFMT, porém, uma série de medidas teriam que ser tomadas para viabilizar a utilização da praça esportiva. O reformado Dito Souza, em Várzea Grande, também seria uma alternativa mas as obras do estádio ainda não foram concluídas.

A assessoria da federação informa também que haverá novas reuniões estão, na próxima semana, para as definições sobre os locais dos jogos da Copa FMF.

A competição começa mês que vem com diversas equipes dentre elas Cuiabá, Luverdense, Sinop, União de Rondonópolis, e o campeão ganha vaga na Copa do Brasil.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Estádio em VG é prometido para o próximo mês

Publicado

O Bom da Notícia

O futebol profissional pode estar adormecido em Várzea Grande, com a desativação temporária do Operário, após o encerramento do Campeonato Mato-grossense, mas a cidade pode em breve ganhar um ‘novo’ estádio.

É que estão avançadas as obras de modernização do Estádio Municipal Dito Souza, no Cristo Rei. Conforme a empresa Reta Projetos e Construções Ltda – responsável pela obra, o estádio será entregue em agosto.

Mas pelo andamento da obra, dificilmente o prazo será cumprido. Para acompanhar a obra a Câmara Municipal de Várzea Grande formou uma comissão de vereadores, que tem vistoriado o local. Membro da comissão, o vereador Edilei Roque Cezaro – Neni Chimarrão (PTC) gostou do que viu. “Vi muitos homens trabalhando e parece que tudo está ocorrendo conforme o projeto. Além da fiscalização, também fazemos a interlocução das empresas com a Prefeitura”, declara Neni.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos, destacou os investimentos no setor. “Sempre olhei para a prática esportiva como forma de integração social, por isso o investimento nos esportes sempre foi uma das principais ações de nossa administração”, disse a prefeita.

Leia mais:  Sinop pode ter três desfalques para jogo de tudo ou nada contra Iporá

Lucimar citou pesados investimentos em obras no setor esportivo com mais de R$ 25 milhões, como o novo Ginásio Poliesportivo Júlio Domingos de Campos, o Fiotão, que será entregue no mês de setembro, o Estádio Dito Souza, a Praça de Esportes da 31 de março, ao lado do Aeroporto Marechal Rondon e o Centro de Iniciação ao Esporte como obras que serão em breve entregues para o lazer social e a prática esportiva.

O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidélis, afirmou que a Prefeitura transformou a cidade em um grande canteiro de obras. “Essas obras são de extrema importância para a comunidade.

O ginásio poliesportivo vai proporcionar saúde, esporte e principalmente disciplina, e consequentemente formar cidadãos de bem. O espaço irá permitir também às famílias socialização, integração, lazer e desporto nas práticas esportivas e em outros eventos”, comento Silvio Fidélis. (Reportagem A Gazeta)

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Após saída de Carioca, diretoria apresenta novo treinador do Sinop

Publicado

A diretoria apresentou, esta semana, o novo treinador do Sinop Futebol Clube. Geferson Anderson da Silva, conhecido como “Gel”, vai comandar a equipe na Copa Mato Grosso sub-21, que começa no próximo mês.

Em junho, após a saída de Gianni Freitas, a diretoria anunciou que Alexandre Viana Antônio, o “Carioca”, iria conduzir o Sinop durante a competição. Esta semana, no entanto, o treinador alegou problemas particulares e acabou pedindo dispensa.

Gel foi apresentado nesta quarta-feira pelo presidente do clube Agnaldo Turra e o gerente de Futebol, Marcos Birigui. Interinamente, o auxiliar Jakson Lourenço comandou as atividades da equipe até que o nome do novo treinador fosse anunciado.

Geferson já comandou o Sinop Futebol Clube, em 2013. Nesta quinta, ele comandou o primeiro treino com a equipe.  O Sinop deve estrear no dia 10 de agosto contra o atual campeão, o Mixto, no estádio Gigante do Norte.

Por unanimidade os dirigentes de clubes mato-grossenses decidiram que a competição terá o mesmo regulamento das edições dos anos anteriores, com jogadores Sub-21, podendo constar em súmula até 5 atletas com idade até 23 anos, por equipe.

Leia mais:  Terceira etapa do Circuito de Motocross será neste final de semana em Colíder

A fórmula de disputa também será inalterada. Serão dez times jogando todos contra todos em turno único, classificando os quatro primeiros colocados para as semifinais. O campeão garante vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

O Sinop também irá disputar, neste semestre, a Copa Verde.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/Luiz Ornaghi/arquivo)

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana