conecte-se conosco


Alta Floresta

Alta Floresta: aberta inscrição de seletivo para professor da Unemat com salário de até R$ 6,2 mil

Publicado

Estão abertas inscrições para dois processos seletivos para contratação temporária de professores do ensino superior da Universidade do Estado de Mato Grosso para os campus de Alta Floresta e Nova Xavantina. As inscrições devem ser feitas até terça-feira, exclusivamente pela internet. Os docentes serão contratados para uma jornada de trabalho de 20 horas semanais, com remuneração de acordo com a titulação, sendo R$ 2,7 mil para graduados, R$ 5 mil para profissionais mestres e R$ 6,2 mil para doutores.

O edital da Faculdade de ciências biológicas e agrárias, do campus de Alta Floresta, oferta oito vagas imediatas mais formação de cadastro reserva para professores nas áreas de ciências agrárias, ciências da computação, direito, filosofia, libras, linguística e literatura, matemática, medicina e sociologia.

Já o da Faculdade de ciências agrárias, biológicas e sociais aplicadas, de Nova Xavantina, visa a formação de cadastro de reserva nas áreas de arquitetura, astronomia/física, ciências biológicas, educação, engenharia civil, geociências, geografia, linguística e literatura, matemática, sociologia e turismo.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)

Leia mais:  Alta Floresta: dois morrem em acidente em rodovia

Comentários Facebook
publicidade

Alta Floresta

IBAMA abrirá procedimento para investigar morte e ferimento de araras em Alta Floresta

Publicado

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) de Alta Floresta confirmou, ao Só Notícias, que deve abrir um procedimento para investigar a morte de um arara-canindé e possível ataque de outra, que foi encontrada com ferimentos no bairro Setor G, ontem.

Ainda de acordo com a unidade do IBAMA, a primeira arara foi encontrada morta há cerca de 20 dias. Já a outra com ferimentos foi levada para uma clínica veterinária voluntária e está recebendo os cuidados necessários. Ela teve perfurações nas asas.

O pássaro será encaminhado ao Hospital Veterinário (HOVET) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) campus de Sinop para avaliação médica que deve descobrir se foi atingido por tiros de chumbinho. Após recuperação e reabilitação deverá ser solta novamente.

Conforme Só Notícias já informou, na semana passada, ossadas de cães foram encontradas em uma região de mata na Vicinal 2ª Oeste, nas proximidades de um frigorífico, por populares. Segundo a presidente da Associação Amamos Animais, Leir Ribeiro, alguns ainda estavam em estado de decomposição, indicando que haviam morrido há pouco tempo. Os animais foram jogados na mata, outros em uma vala próxima e alguns colocados em sacos plásticos e jogados em um rio que abastece a cidade.

Leia mais:  Deputado solicita mais funcionários para a Politec de Alta Floresta

Ainda segundo a presidente, o envenenamento de cães continuam na cidade. No começo do ano, mais de 25 animais foram mortos. A ONG chegou a divulgar anúncio nas redes sociais para receber denúncias. Um valor de R$ 800 também foi oferecido como recompensa para quem entregasse informações precisas sobre o autor dos envenenamentos.

A Polícia Civil e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) estão investigado os casos de envenenamento e se houve envolvimento de empresas no descarte irregular dos animais.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Arão Leite)

Comentários Facebook
Continue lendo

Alta Floresta

Hospital Regional de Alta Floresta faz mutirão de cirurgias eletivas

Publicado

MidiaNews

O Hospital Regional de Alta Floresta “Albert Sabin” realiza mutirão das cirurgias eletivas de otorrinolaringologia, de acordo com determinação prevista em Portaria da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (nº195/2019).

A unidade hospitalar está preparada para realizar 80 cirurgias eletivas em diferentes especialidades médicas, sendo as seguintes áreas contempladas: adenoidectomia, amigdalectomia, septoplastia, turbinectomia e excerese de papiloma em laringe, todas são intervenções cirúrgicas de doenças que acometem os ouvidos, nariz e garganta.

“O Hospital Regional e a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) não mediram esforços para atender às reais necessidades da população. Mesmo sabendo que os procedimentos de otorrino são mais caros e que apenas o valor previsto pela Portaria não custeia o serviço, o Governo do Estado pagou pela diferença para suprir efetivamente as demandas da região”, explicou a secretária adjunta de Gestão Hospitalar da SES-MT, Deisi Bocalon.

De acordo com a diretora do hospital, Lúcia Tizo, os pacientes – de diferentes faixa etárias – já estavam regulados pela Rede Municipal de Saúde e aguardavam pelos procedimentos, sendo que grande parte do público é criança. O mutirão é realizado inclusive aos sábados e domingos.

Leia mais:  Segunda é o último prazo para se inscrever no concurso do IFMT; vagas em Alta Floresta, Sorriso, Lucas, Cuiabá e mais 10 campi

Os recursos disponibilizados para a realização desses procedimentos são do Ministério da Saúde e da SES-MT, em parceria com os municípios da Região do Alto Tapajós: Alta Floresta, Carlinda, Apiacás, Paranaíta, Nova Monte Verde e Nova Bandeirantes; esses municípios deram a contrapartida em materiais hospitalares, que são utilizados nos procedimentos cirúrgicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana